Escravidão 2017: Caos Social e Guerra Global. “Ganância dos Líderes de Marionetes por Poder e Dinheiro”

Global Research, May 04, 2017

Quando nos séculos 18 e 19 escravos africanos não ‘se comportaram’, eles foram cruelmente espancados, às vezes até a morte como um elemento dissuasor para os outros. Eles foram privados de comida para suas famílias. Suas mulheres foram estupradas. Eles eram negociados com mestres brancos ainda mais duros. Suas vidas valiam apenas o que seu trabalho poderia produzir. Eles eram tratados como sujeitos, desprovidos de calor humano.

Hoje nos tornamos todos escravos; Escravos aos poderes da mafia bankster de finanças; Escravos da propaganda mentirosa ocidental; Para os lobbies e seu gigante todas as corporações dominantes – para a indústria de guerra, porque felizmente acreditamos no que nos é dito sobre o crescente terrorismo que precisa ser combatido com guerras eternas; Escravos para o ambiente-indústria de hidrocarbonetos destrutivos; Para a indústria farmacêutica; À agro-indústria Monsanto-izada; Ao consumismo sem sentido – e acima de tudo – e resumindo tudo: a ganância, a cobiça sem fim que impulsiona o crescimento sem fim, alimentando a concorrência sem fim fomentando a adversidade, destruindo a solidariedade, em vez da cooperação amical para uma convivência humana harmoniosa.

Como povos de nações ocidentais, somos escravizados a um fascismo neoliberal que engloba toda – a uma economia predatória. A propaganda de mentira corporativa goteja nossos cérebros. Nós nem mesmo percebemos isso. Somos escravizados aos chamados “líderes”, postos em prática por obscuros mestres estrangeiros do engano – a máquina de propaganda controlada pelas corporações cada vez mais forte – os seis meios de comunicação Zion-anglo, que acreditamos em qualquer mentira vomitam – porque é Mais confortável acreditar numa mentira do que confrontar a verdade – isso é a auto-imposição da escravidão.

Isso é o quão longe nós fomos. Porque estamos claramente em uma pista quase irreversível para baixo – deslizando e correndo em direção à nossa própria morte – na escuridão – a escuridão do caos e guerras sangrentas, guerras intermináveis ​​contra o terrorismo auto-inventado; Guerras que mantêm nossa economia ocidental funcionando – e nossa política da poltrona viva. Guerras que matam e massacram milhões e milhões – mas todas em terras “distantes”. Somos informados de que estamos protegidos. Nossa polícia e os militares nos vigiam. Os novos deuses – dinheiro e militares.

Para impedir que esse caos sem fim de terror aconteça em nossas esferas ocidentais, uma vez que “orgulhosamente” chamou Europa ou Estados Unidos da América, Canadá, Austrália, Japão – e qualquer outro país tem suposto para a máquina ocidental de matança – pedimos proteção policial e militar em Nossas próprias terras, nós lhes damos poder para nos escravizar ainda mais ao Estado das Trevas – aquelas forças que comandam maliciosamente um tráfico de escravos em todo o mundo, chamado O Mercado – o Mercado todo comandante. Adoramos o mercado. Queremos ser integrados a ele. O Mercado nos permite viver e lutar, comer e sonhar com mais. Alimenta nossa ganância como se não houvesse fim. Escravidão ao Nirvana ou Neverland.

Embora o “orgulho” nunca tenha sido um termo apropriado para integrar nossa alma e nossas mentes, como nós as potências ocidentais – durante séculos, escravizamos, estupramos, exploramos e massacramos os povos indígenas, aqueles que por milénios viveram e passaram pela história da humanidade Nossos genes humanos de uma civilização assassina a outra, sempre na esperança de que a nova viesse a luz.

Só podemos esperar que a paciência desses povos nativos, dos sobreviventes, dos nossos salvadores – venha a prevalecer, que antes que desapareçamos na escuridão, no vazio de um buraco negro feito pelo homem, vamos acordar, abrir os olhos e buscar a luz – tornar-se finalmente Humano, o termo que fraudulentamente aplicamos a nós mesmos – a civilização ocidental.

Resultado da imagem para conspiraçãoCuidado – qualquer um que contradiga essa verdade e curso de eventos, é rotulado de teórico da conspiração, difamado e out-ri, estigmatizado. Temos de desmetricizar. Abandonando nossos parâmetros ocidentais estabelecidos, eles são feitos para escravizar-nos – de modo que uma classe cada vez mais pequena satânica elite que produz e gerência os Clintons, Trumps, Obamas, Bushes, Blairs, Merkels, Abes, Hollandes – e logo Macrons – e muitos Mais do mesmo tipo – pode continuar sua festa.

Somos chamados a votar por essas pessoas abjetas, chamadas de políticos, a maioria deles cérebro e sem mente, que foram pré-selecionados pelos Mestres que controlam o globo, acreditando que estamos escolhendo pessoas que representam nossa sociedade, defendem nossas necessidades, Liberdade, justiça e igualdade. A cada quatro ou cinco anos caímos para os mesmos rituais e acreditamos que as coisas vão mudar. Nós nunca cavamos fundo para encontrar as razões pelas quais tudo permanece o mesmo – e piora, apesar de nossa infelicidade e apesar de nossos votos “democráticos”. Somos cegos. A escravidão cega-nos. Somos mais confortáveis ​​como escravos cegos do que vendo seres humanos. Então, continuamos caindo por ilusões.

Nossas vidas são cinzentas como um céu nebuloso, sem sol. O sol e seu maravilhoso brilho encantador foram eviscerados de nossas mentes escravizadas. Vivemos numa opressiva e depressiva civilização ocidental, que ainda chamamos de “democracia” – porque as nossas mentes tortuosas e manipuladas, que amam o conforto, não querem admitir – que somos escravizados. Essa democracia tem sido um pipedream de alguns filósofos gregos 2500 anos atrás. Nada mais. Roubamos o termo da história como pretexto para travar guerras, estuprar, explorar e – escravizar.

A escravidão de 2017 – e talvez muitos outros anos vindouros – se não acordarmos em breve – tornou-se global, muito global. É o epítome da globalização. Estamos sendo uniformizados em cubículos incolores.

A cultura é massacrada, a linguagem é sintetizada em slogans anglo-saxões – todos nós devemos pensar em clichês globalmente reconhecidos; Clichês repetidos e perpetuados em náusea por Hollywood, os notórios meios de comunicação; Pelo sistema de ensino ocidental, escolas de primário para universidades – privadas ou estatais, estão adoctrinando nossos filhos com dogmas neoliberais que os mantêm escravizados.

O pensamento independente tornou-se um crime, pois impede o avanço da escravidão. A educação é projetada para matar o pensamento individual ea ampla gama de inventividade – porque é perigoso – para aqueles que nos escravizam e nos controlam. A educação “nova fala” tem de nos fazer pensar o que o sistema quer que pensemos. Isso é o que a educação ocidental se tornou nos últimos 50 anos – uma farsa para nos manter como idiotas não pensantes.

Idiotas são facilmente escravizados e explorados e enviados para guerras – para roubar recursos estrangeiros para satisfazer a ganância de alguns. Nós amamos ser carne para canhão, como nos disseram – escravizados – para acreditar que os patriotas bom amor para morrer por seu país. Estamos cegos e evitamos ver que estamos morrendo lutando para satisfazer a ganância dos líderes fantoches pelo poder e pelo dinheiro – cujo poder não é nada mais do que o permitido pelos Mestres que controlam o mundo e que puxam as cordas em suas marionetes.

Acorde da escravidão 2017! – Faça de 2017 o último ano escravo!

Anúncios

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s