EUA implantam tropas e veículos blindados “dentro da Síria”, perto da fronteira turca

Por Press TV
Global Research, 01 maio de 2017
Press TV 28 de abril de 2017
URL deste artigo:
http://www.globalresearch.ca/us-deploys-troops-and-armored-vehicles-inside-syria-close-to-turkish-border/5587809

O exército norte-americano disse que implantou um grupo de tropas e veículos militares ao longo da fronteira Síria-Turquia para evitar mais confrontos entre turcos e sírios.

Um comboio de veículos blindados com bandeiras americanas foi descoberto em uma estrada rural na vila de Darbasiyah, a poucas centenas de metros da fronteira turca na província de Hasakah, no nordeste da Síria, disseram ativistas curdos na sexta-feira.

https://web.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fweb.facebook.com%2FPRESSTV%2Fvideos%2F1534519959923119%2F&show_text=0&width=690px

O porta-voz do Pentágono, Capitão Jeff Davis, também confirmou o relatório.

“Continuamos a exortar todas as partes envolvidas a se concentrarem no inimigo comum que é o ISIS (Daesh)”, disse ele a repórteres na sexta-feira.

Ilham Ahmad , outro alto funcionário curdo, disse à Associated Press que as tropas norte-americanas começaram suas patrulhas na fronteira na quinta-feira e já realizaram vôos de reconhecimento na área.

“O papel dos EUA tornou-se agora mais como uma força-tampão entre nós e os turcos em todas as linhas de frente”, disse Mustafa Bali, um ativista curdo na região.

O movimento ocorre depois que os ataques aéreos turcos no Iraque e na Síria mataram 20 membros das Unidades de Proteção do Povo curdo (YPG) apoiadas pelos EUA e feriram mais 18 na terça e quarta-feira. O YPG é o principal grupo de milícias curdas da Síria lutando contra Daesh (ISIL).

Sharvan Kobani , um comandante de YPG, disse à Reuters na sexta-feira que as tropas dos EUA só se reportariam aos seus comandantes de alto escalão e ainda estavam para iniciar a sua missão de monitoramento.

Ancara disse que os ataques foram parte de sua campanha militar contra “paraísos terroristas” na Síria e no Iraque e procurou evitar um potencial transbordamento do conflito para a Turquia.

Os EUA e a Turquia estão em desacordo sobre a ação militar de Ancara na Síria, que Washington diz que visa principalmente combater a crescente influência dos combatentes curdos no país.

No mês passado, cerca de 200 fuzileiros americanos armados com uma bateria de obuses de 155mm foram enviados para o norte da Síria.

A implantação marca um movimento significativo para as forças convencionais dos EUA na Síria, que foram limitadas a cerca de 500 Forças de Operações Especiais no terreno.

Em agosto de 2016, a Turquia iniciou uma importante intervenção militar na Síria, enviando tanques e aviões de guerra através da fronteira.

No final de março, Ancara anunciou o fim de suas operações militares na Síria, mas não descartou a possibilidade de mais uma intervenção militar na Síria, devastada pela guerra.

Anúncios

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s