“Todos os alvos que ameaçam as forças russas na Síria devem ser imediatamente destruídos” – Putin

“Os Jihadistas na Síria representam uma ameaça directa à Rússia”, afirmou Putin durante uma reunião da defesa em Moscovo, acrescentando que quaisquer alvos que ameacem os militares russos devem ser destruídos.

O Ministro da Defesa Sergey Shoigu disse, no decorrer do mesmo encontro, que a influência do Estado Islâmico na Síria continua a expandir-se.

“As acções dos militares russos na Síria estão a ser coordenadas com os serviços especiais russos, como o FSB, que estão a divulgar as células terroristas, incluindo o Estado Islâmico”, sublinhou Putin.

Todas as forças que ameaçam militares russos na Síria devem, por isso, ser destruídas, de acordo com o presidente russo.

Link permanente da imagem incorporada

“Quaisquer alvos que ameacem as nossas tropas ou as nossas infra-estruturas (militares) devem ser imediatamente destruídas.”, afirmou Putin, durante a reunião do Ministério da Defesa.

Putin disse que mais de 5000 membros do Exército Sírio Livre estão a operar no lado dos terroristas.

“Em geral, as acções dos grupos russos merecem elogios. Este é o resultado do trabalho do Ministério da Defesa, dos oficiais do Estado-Maior, dos pilotos da Força Aérea e da Marinha russos”, acrescentou.

December 11, 2015. President Vladimir Putin speaks at the expanded meeting of Defense Ministry Board at the National Defense Management Center in Moscow. © Grigoriy Sisoev

11 de Dez. de 2015. Presidente Vladimir Putin fala na reunião do Conselho de Defesa do Ministério do Centro de Gestão de Defesa Nacional, em Moscovo ©Grigoriy Sisoey/Sputnik

 

“Influência do ISIS em expansão na Síria” – Ministro da Defesa da Rússia

O ministro da Defesa russo, Sergey Shoigu, acrescentou que o Estado Islâmico (IS, anteriormente ISIS/ ISIL), controla cerca de 70% do território da Síria, acrescentando que tanto na Síria como no Iraque, existem cerca de 60 mil militantes deste grupo terrorista.

“A área de influência do Estado Islâmico está a expandir-se”, frisou Shoigu, acrescentando que “há uma ameaça de que as suas acções venham a ser transferidas para a Ásia Central e para o Cáucaso”.

Até ao momento, os militares russos realizaram cerca de 4000 investidas, atingindo cerca de 8000 instalações terroristas na Síria, explicou o Ministro da Defesa russo, acrescentando que os drones têm-se revelado uma parte fundamental e necessária da operação militar russa contra os terroristas. “Moscovo tem cerca de 1720 drones à sua disposição”, elucidou.

Tanto Putin como Shoigu participaram na reunião do Conselho do Ministério da Defesa onde, para além da operação Síria, foram ainda abordadas questões como a estratégia nuclear, a expansão da NATO e as bases militares no Ártico.

“Especial atenção deve ser dada ao reforço do potencial de combate das forças nucleares estratégicas  e a implementação de programas espaciais de defesa”, referiu Putin durante a reunião.

“A Rússia tem de armar todas as componentes da tríade nuclear com novos armamentos, aumentar a eficiência da advertência de ataques de mísseis e dos sistemas de defesa aeroespacial”, concluiu o presidente russo.

Shoigu sublinhou ainda que a “NATO” se tem expandido significativamente na Europa.

Os EUA  já detectaram, pelo menos, 200 bombas na Holanda, Turquia, Bélgica, Itália e Alemanha, de acordo com o ministro da Defesa russo.

fonte: RT, de 10 de dezembro de 2015

 

 

Anúncios

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s