Baço e Pâncreas

Baço e Pâncreas
por Francisco Varatojo

Esta semana escrevo sobre a Transformação Solo ou Terra, que dum ponto de vista orgânico representa as funções do Baço, do Pâncreas, do Estômago e do Sistema Linfático.
O estágio energético Solo é mais estável e “terreno” e está associado com fertilidade, maternidade, relações sociais, compaixão, substância, entre muitas outras qualidades. Solo rege também as qualidades consideradas mais femininas, e em particular a sexualidade feminina.
Para os chineses, os atributos acima mencionados estão intimamente ligados com um funcionamento adequado dos órgãos yang, Baço e Pâncreas (na realidade, os chineses não fizeram tradicionalmente a distinção entre estes dois órgãos).
Evidentemente, a energia Solo rege também as funções fisiológicas dos órgãos respectivos – digestão e absorção, controle do metabolismo de açúcar, funções linfáticas como produção de linfócitos e outras. Problemas como diabetes, hipoglicemia, distúrbios de estômago, alergias, doenças auto-imunes, estão todos ligados a uma deficiência nestes órgãos e sistemas.
Na realidade, na minha opinião, a maioria dos problemas de saúde modernos como uma imunidade deficitária, as doenças auto-imunes ou as doenças sexualmente transmissíveis, denotam disfunções na Energia Solo. Os desequilíbrios nesta fase energética não são, regra geral, tão directa e facilmente identificáveis como os problemas de fígado ou coração, ou rins ou outros, mas assumem com frequência um aspecto de síndroma.
O Baço, o Pâncreas, o Estômago e o Sistema Linfático começam a ser muito mais afectados na sociedade moderna pela proliferação de “fast food”, consumo excessivo de lacticínios e açúcar, assim como por uma vida muito afastada dos elementos naturais.
Dum ponto de vista alimentar o que especificamente mais deteriora estes órgãos são o açúcar assim como todos os açúcares simples e edulcorantes artificiais (é conhecido o efeito maléfico dos açúcares no funcionamento do pâncreas), o uso de lacticínios (o leite e o iogurte tendem a sobrecarregar mais o Baço, enquanto que o queijo, especialmente o queijo duro, afecta mais as funções pancreáticas), alimentos refinados como pão branco, arroz branco, etc., comida pesada e com muitos molhos e também farinhas cozinhadas no forno como pão, bolachas, biscoitos que contribuem para hipoglicemia (níveis de açúcar baixos).
Um estilo de vida muito afastado da Natureza e dos elementos naturais afecta também a imunidade. O uso excessivo de material eléctrico e electrónico, roupa sintética em contacto directo com o corpo, telemóveis, betão armado, ar condicionado, etc., contribuem para baixar a nossa imunidade natural e consequentemente taxar os órgãos de limpeza e adaptação – os Órgãos Solo.
Para tratar insuficiências do Baço, Pâncreas e Estômago é importante ter uma alimentação e um estilo de vida tão naturais quanto possível, evitando ao máximo produtos químicos e sintéticos.
Especificamente, pode tentar as seguintes sugestões:
Cereais – o melhor cereal para estes problemas é o Millet. O Millet ou milho painço é um cereal desconhecido da maioria das pessoas em Portugal mas foi o alimento principal de muitos países africanos e um alimento comum em muitos países europeus. É extremamente saboroso e versátil e pode ser confeccionado com vegetais, em sopas, com feijões.
Vegetais – os vegetais redondos e doces ou adocicados como a abóbora, a couve lombarda, a cebola, o nabo, os brócolos, a couve-flor fortalecem os órgãos Solo e devem ser utilizados regularmente. Kuzu, uma raiz selvagem muito utilizada em países orientais é particularmente boa para problemas no baço e Sistema Linfático.
Condimentos e sabores – o sabor doce em excesso ou de má qualidade afecta estes órgãos, enquanto que pequena quantidade de sabor doce os nutre. Para além dos vegetais doces mencionados acima, utilize pequena quantidade de adoçantes como malte de cevada ou malte de arroz e use com regularidade temperos agridoces.
Algas – as algas, pelo seu elevado teor em minerais são importantíssimas para o tratamento de problemas de Solo. Muitos dos desequilíbrios mencionados estão associados a uma desmineralização e acidificação do sistema, pelo que o uso regular de algas pode em muito contribuir para uma recuperação mais rápida.
Métodos culinários – preparações como estufados, em que os ingredientes são cortados em pedaços grandes e cozinhados lentamente até que fiquem com uma textura rica, suculenta e adocicada são as mais indicadas para reforçar o Baço.
Clima – os chineses consideram que o Baço é afectado pela humidade, pelo que se devem evitar ambientes demasiado húmidos e frios. O uso de um desumidificador em casa pode ser aconselhável em determinados casos.
Actividade física – actividade vigorosa é um dos termos chave para tratar alergias, em especial se actividade for ao ar livre e num meio natural. Esfregar todos os dias o corpo com uma toalha quente e húmida deve ser realizado todos os dias, pelo menos uma vez por dia.
No próximo artigo escreverei sobre as relações dos órgãos Solo no comportamento e emoções.

______________________________________________________________________________________________

A Energia Solo, regente do Baço, Pâncreas e Estômago é a mais central, equilibrada de todas e está associada a um comportamento fiável, compassivo, fértil, com um grande grau de interacção humana e social.
O Baço é apelidado de Ministro da Agricultura (ou também Grande Limpador) e uma vez que este é um órgão onde acumulamos reservas de minerais (em particular ferro) os chineses consideraram que a qualidade principal deste órgão a nível comportamental e emocional é a de termos a capacidade de dar sem limites, sem considerarmos o que recebemos em troca, Compaixão.
É talvez interessante considerar que enquanto no Ocidente se prezam enormemente as qualidades das energias Árvore e Fogo – iniciativa, independência, carisma -, no Oriente as qualidades humanas mais apreciadas eram aquelas ligadas à energia Solo – serviço, dedicação, compaixão, ligação à natureza, maternidade, comunidade. Tais diferenças, penso eu, estarão ligadas a aspectos geográficos, climáticos e sociais mas também a aspectos biológicos e alimentares: enquanto que uma alimentação com maior predominância de produtos animais activa as qualidades de árvore e Fogo, hábitos alimentares mais centrados em produtos de origem vegetal tendem a fortalecer as qualidades da Energia Solo.
Assim, os aspectos emocionais positivos da Energia Solo são compreensão, compaixão, estabilidade, com recursos, pensamento claro; dum ponto de vista físico e de movimento o corpo é estável e os movimentos centrados com um bom equilíbrio entre os lados direito e esquerdo. A voz é clara e não excessivamente aguda ou grave.
Os primeiros sintomas de desequilíbrio no Baço e Pâncreas estão ligados a uma sensação de auto-compaixão, auto-comiseração. Em vez de manifestarmos compaixão e de sermos capazes de dar sem reservas, começamos a sentir pena de nós mesmos e a sentirmo-nos vitimizados pelos outros ou pela sociedade em geral. Em particular, queixamo-nos do nosso estado de saúde e das circunstâncias da nossa vida e sentimos que não temos energia para realizar aquilo que é necessário.
Fisicamente, os aspectos mais notórios prendem-se com uma certa flacidez muscular, especialmente nos membros inferiores – a pessoa sente que tem as pernas pesadas e dá a sensação que arrasta as pernas ou que deixa cair todo o peso do corpo sobre as nádegas quando, por exemplo, se senta numa cadeira.
A cara tem um aspecto flácido e sem tónus, a cor tende a ser mais branca ou amarela (branco denota problemas com o baço enquanto que amarelo mostra problemas com o pâncreas) e a zona das têmporas (que representa o baço) tem frequentemente um tom azulado ou acastanhado. Existe também a tendência para cruzar os braços em frente ao estômago, numa tentativa de proteger os órgãos situados nessa área. No estudo da linguagem corporal, os braços cruzados em frente ao estômago, mostram desconfiança, incapacidade de abertura.
A voz e o discurso começam a tornar-se menos perceptíveis, com uma tendência para suspiros no final das frases. Com problemas em Solo, diz-se que o discurso começa bem para terminar duma forma imperceptível e sem nexo. O mesmo é verdade no que toca às acções: começa-se com um bom grau de entusiasmo, terminando pouco tempo depois com um desânimo e insatisfação visíveis.
À medida que o problema vai escalando, as pessoas com desequilíbrios na Energia Solo tornam-se cínicas, invejosas, sobre-dependentes e num extremo desconfiam de tudo e de todos. Estes padrões de comportamento tornam-se completamente viciantes e a pessoa pede constantemente (não duma forma consciente) a energia dos outros. Segundo a psicologia, este modelo de comportamento está associado com uma enorme falta de confiança interior, mas na teoria das 5 transformações considera-se que essa falta de confiança não é apenas causada por factores educacionais ou ambientais mas também por causas biológicas internas, nomeadamente um enfraquecimento acentuado das funções do Baço e desequilíbrios no metabolismo de açúcar, particularmente hipoglicemia (níveis baixos de açúcar no sangue) ou diabetes.
Tal como referi no artigo anterior, Solo está intimamente ligado com a sexualidade feminina. A capacidade de entrega, confiança, deixar-se ir, são essenciais para uma boa sexualidade feminina (também para a masculina, mas não duma forma tão directa) e muitos dos problemas sexuais femininos como incapacidade de atingir o orgasmo, falta de apetite sexual, ciúme extremo estão ligados a desequilíbrios nesta fase de transformação energética.
Na minha opinião, o tratamento dos problemas mencionados neste artigo passa não apenas por uma reeducação comportamental, mas também por uma reorientação biológica, onde a alimentação e o modo de vida desempenham aspectos cruciais.
Nos próximos dois artigos escreverei sobre a Energia Metal – Pulmões e Intestino Grosso.

Anúncios

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s